viernes, 25 de marzo de 2011

Dia mundial de la poesía

El 21 de marzo, coincidiendo con el equinocio de primavera, se celebra el dia mundial de la poesía.
Esta fecha fue propuesta por la UNESCO en el 2001, creyendo que una acción mundial a favor de la poesía daría un reconocimiento y un impulso nuevo a los movimientos poéticos nacionales, regionales, e internacionales.

En lugares emblemáticos de todas las ciudades del mundo se realizan numerosos eventos y lecturas múltiples en torno a obras poéticas.

PARA SABER MÁS

3 comentarios:

  1. "Hoje de manhã saí muito cedo

    Hoje de manhã saí muito cedo,
    Por ter acordado ainda mais cedo
    E não ter nada que quisesse fazer...

    Não sabia que caminho tomar
    Mas o vento soprava forte, varria para um lado,
    E segui o caminho para onde o vento me soprava nas costas.

    Assim tem sido sempre a minha vida, e
    Assim quero que possa ser sempre --
    Vou onde o vento me leva e não me
    Sinto pensar."

    Alberto Caeiro

    ResponderEliminar
  2. Feliz Dia para Quem É

    " Feliz dia para quem é
    O igual do dia,
    E no exterior azul que vê
    Simples confia!

    Azul do céu faz pena a quem
    Não pode ser
    Na alma um azul do céu também
    Com que viver

    Ah, e se o verde com que estão
    Os montes quedos
    Pudesse haver no coração
    E em seus segredos!

    Mas vejo quem devia estar
    Igual do dia
    Insciente e sem querer passar.
    Ah, a ironia

    De só sentir a terra e o céu
    Tão belo ser
    Quem de si sente que perdeu
    A alma p’ra os ter!"

    Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

    ResponderEliminar
  3. Não sei qual de qual dos dois gosto mais...
    Se de Alberto Caeiro ou de Fernando Pessoa...
    Risos...
    Infelizmente, na Espanha, não se estuda a literatura portuguesa...
    (Eu conhecia Pessoa... Algo da sua obra mais conhecida... Porque eu gosto de ler todo tipo de literatura...)
    Então eu não sabia, até que tu me o disseste, que Alberto Caeiro também é Pessoa...
    Agora estive a investigar um pouco da sua biografia e já vi que gostava de ter distintas personalidades... De se meter na pele de “outros” diferentes a ele...
    E que sobretudo gostava de...Criar... Como ele disse:
    "Viver não é necessário; o que é necessário é criar"
    E coisas bem lindas que ele...criou...

    ResponderEliminar